A IGREJA

R. Jose Virgilio da Silva, 392 Vila Jundiai - Mogi das Cruzes - SP

terça-feira, 10 de setembro de 2019

INFORMATIVO Nº 204 - SETEMBRO DE 2019

Reforma do forro da Igreja



ORIENTAÇÕES DE OYASSAMA
Oyassama ensinou:
- Este mundo em que vivemos, assim como o nosso corpo, se move porque tem o calor (a temperatura). Quando perder o calor, perde o seu movimento. É a mesma coisa.
O que sustenta este mundo são as pedras e rochas. No corpo humano, correspondem aos ossos. Também é a mesma razão.
Os ossos são envolvidos pela carne; as pedras e as rochas são envolvidas pela terra.
O que alimenta o corpo são as veias. O que alimenta a Terra são os rios.
Qualquer parte do corpo que se corte, sairá sangue; qualquer lugar do mundo que se cave, sairá água. É a mesma razão.
Em todo o corpo humano, temos pelos, não é? Da mesma forma, na superfície da Terra, temos as árvores e as matas.
Os dentes e as unhas são os mesmos que os minerais que são extraídos das rochas e pedras.
Os seres humanos respiram para viver. O movimento das marés é a respiração de Deus.
Os trabalhos de Deus-Parens no mundo são exatamente iguais aos seus trabalhos no corpo humano. Por isso, é importante termos a consciência de que o homem e a natureza estão intimamente ligados entre si.

Se tivermos essa consciência, deixaremos de ter problemas com o meio-ambiente, como a poluição e a destruição da natureza.
O fato de se desmatar as florestas por interesses comerciais é o mesmo que cortar os braços ou as pernas, ou extrair o estômago ou o fígado de um corpo sadio.
As matas seguram as águas da chuva. Mesmo que chova forte, se há árvores, a água dessa chuva não vai diretamente para os rios. Elas passam pelas árvores e a possibilidades de enchentes são diminuídas. Entretanto, se as árvores são cortadas, quando chove forte, essa água vai direto para os rios, que transbordam e provocam as enchentes. Por outro lado, no caso de um período de seca, se não há árvores, não existe a água guardada pelas mesmas e os rios secam mais rapidamente.
Antigamente, as enchentes eram consideradas desastres naturais, mas hoje em dia, elas estão se tornando desastres provocados pelo homem.

EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA
118. DO LADO DE DEUS
No dia 10 de fevereiro de 1883, Kunisaburo Moroi regressou a Jiba pela primeira vez e foi levado à presença de Oyassama, que lhe disse:
            "Coloque a mão assim."
E mostrou, pondo a palma da mão no tatame. Ele assim fez.
Então, ela, dobrando o dedo médio e o anular e prendendo a pele do dorso da mão dele com o indicador e o mindinho, ergueu-a e disse:
“Puxe e solte a sua mão.”
Ele experimentou puxar, mas não conseguia soltar, apenas doía-lhe a pele da mão. Declarou-se afinal rendido, quando ela disse novamente:
“Segure a minha mão.”
E fê-lo apertar o seu pulso. Oyassama também pegou a mão dele e, quando ambos seguraram os pulsos, disse:
“Aperte firmemente, com força.”
E continuou:
“Mas, se eu disser que dói, pare.”
Assim, ele apertou com toda a força e, quanto mais força colocava, mais lhe doía a mão. No entanto, ela lhe dizia:
“Não tem mais força, não?”
Porém, como a dor aumentava à medida que colocava mais força, ele disse finalmente: “Rendo-me.” Oyassama, então, afrouxou a força da mão e falou:
“Não tem mais força, além disso? Do lado de Deus, a força é dobrada.”

Reforma do forro da Igreja

Festa da Amizade

Apresentação do Koteki no Ginásio Municipal de Esportes

Apresentação do Koteki no Ginásio Municipal de Esportes



sexta-feira, 23 de agosto de 2019

INFORMATIVO Nº 203 - AGOSTO DE 2019

Apresentação do Koteki no Bunkyo



ORIENTAÇÕES DE OYASSAMA
Mesmo na sua avançada idade, Oyassama foi submetida ao sacrifício de ficar presa por 17 ou 18 vezes.
Oyassama sempre recebia de bom grado esses acontecimentos, pois isso lhe dava uma oportunidade ideal e propícia para ensinar a verdade do Caminho àqueles que estão no alto escalão da sociedade. E dizia o seguinte: “Neste lugar, quem vem chamar-me é como aquele que vem cavar o magnífico tesouro enterrado.”
Com isso, estava ensinando aos seguidores que todo acontecimento era realmente a oportunidade para espargir a fragrância da verdade e que, como tal, deviam aceitar tais ocorrências com ânimo e alegria.
Ela nunca faltou em agradecer-lhes por terem vindo buscá-la e até lhes servia a refeição, se acontecesse de aparecerem na hora da refeição.
Quando partia da Residência, dizia aos seguidores:
“Deus me diz novamente para ir espargir a fragrância. Não precisam se preocupar que eu regressarei logo.”
A sua face estava sempre radiante de alegria, e partia animadamente como se estivesse indo visitar um parente ou um amigo.

EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA
117. TRAZIDO PELOS PAIS

Foi um fato ocorrido por volta de 1882 a 1883, quando Shirobee Umetani regressou à Residência levando seu filho Umejiro, com cinco ou seis anos de idade que, vendo Oyassama em vestes vermelhas, gritou: !Daruma-han, daruma-han!" Talvez, tivesse recordado da boneca desenhada no cartaz das tabacarias deste tempo.
Envergonhado por isso, no regresso seguinte à Residência, não o levou consigo e recebeu estas palavras de Oyassama:
"E o seu filho Umejiro? O que houve? O caminho não terá continuidade."
Dizem que depois disso, o garotinho regressava à Residência prazerosamente trazido pelos pais em todas as oportunidades.


Apresentação do Koteki no Ginásio de Esportes de Mogi durante intervalo de Jogo de Basquete

Bazar da Pechincha

Bazar da Pechincha

Regresso a Jiba

Regresso a Jiba



quarta-feira, 17 de julho de 2019

INFORMATIVO Nº 202 - JULHO DE 2019

Divulgação nos arredores da Igreja Oriente em Suzano



ORIENTAÇÕES DE OYASSAMA

Para os seguidores que ficavam mais exaltados com as autoridades.

“Devem caminhar desviando-se das poeiras. Nunca devem lutar contra as poeiras, pois, se lutarem contra as poeiras, acabarão sendo cobertos de poeiras por si mesmos.”

Para os seguidores que ficavam intimidados com as autoridades.

“Se dedicarem ao Caminho com sinceridade, não terão medo nem perigo em qualquer circunstância que seja. Desde que Deus conduz ao longo do caminho, nunca precisarão sentir receio ou temor algum.”

EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA

113. CANÇÕES DE NINAR

Dizem que Oyassama cantava vez ou outra as seguintes canções de ninar:

1) Benkei, criado na Região de Arima,
acima de três é quatro, é cinco,
levando sete instrumentos às costas,
vai às pressas para a Ponte de Gojo.

2) Jinjirobei, trazendo à mão um balde,
tirando água do poço de roldana,
lavando suas mãos e seu rosto
e venerando Deus, shan, shan.

Foi o que Sotaro Kajimoto ouviu de Hissa Yamazawa, quando ele tinha 20 anos de idade.


Certa vez, Tokiti Izumita deparou com três assaltantes no Passo Jussan. Nessa ocasião, veio-lhe à mente a razão da coisa emprestada e tomada emprestada, que lhe fora ensinada. Assim, tirou o sobretudo e também o quimono e, pondo em cima a carteira de dinheiro, ajoelhou-se corretamente no chão, e disse: “Tenham a bondade de levar tudo.” Ao levantar a cabeça, não viu nem sombra dos assaltantes.

Tinham ido embora sem roubar-lhe nada, assustados com sua excessiva obediência. Então, Izumita vestiu-se de novo e, chegando a Jiba apresentou-se a Oyassama, que lhe disse:

“Quantas dificuldades veio superando! Entrego-lhe o Sazuke do Ashiki Harai, porque conseguiu alcançar a harmonia, inclusive entre os seus. Receba-o.” E entregou-lhe o excelente Sazuke.


Homenagem às Senhoras acima de 70 anos

Homenagem às Senhoras acima de 70 anos

Encontro da Associação Feminina no Tenri Kaikan


terça-feira, 18 de junho de 2019

INFORMATIVO Nº 201 - JUNHO DE 2019

Crianças na Igreja


Em abril de 2020 será realizado a comemoração dos 110 anos da Associação Feminina em Jiba. E na Dendotyo será realizado este mês, o Encontro de Incentivo para esta comemoração.

EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA

112. SER AMÁVEL EM PRIMEIRO LUGAR

Certo dia, Yoshie Iburi ouviu de Oyassama:
“Yoshie, a mulher deve ser amável em primeiro lugar; por isso, o mais importante é dizer sim com alegria em qualquer situação.”
E ainda:
“Que cuide para não fazer uma pessoa se sentir inútil.”
“Não desperdice nem mesmo uma folha de verdura.”
“Mesmo as sobras a nutrirão. Isto não é miséria.”



Crianças na Igreja

Crianças na Igreja

Ensaio do Serviço Sagrado

Ensaio do Serviço Sagrado

Ensaio do Serviço Sagrado

Concurso de Koteki

Concurso de Koteki

quarta-feira, 22 de maio de 2019

INFORMATIVO Nº 200 - MAIO DE 2019

Banda Koteki de Mogi é Ouro


O mês de abril como sempre foi um mês bastante animado, e gratificante, aconteceram diversas atividades: Akimatsuri; Concurso de koteki; Ensaio do Serviço Manabi; Aniversário de Oyassama; Distribuição de balas; Festa dos 40 anos de existência  e confraternização do koteki pelo Ouro; Dia internacional do Hinokishin.
Quanta coisa boa!!!

EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA

111. SER ACORDADO DE MANHÃ

Yoshie Iburi ouviu a seguinte preleção de Oyassama:
“Levantar cedo, ser honesto e trabalhador. Há uma grande diferença de mérito entre ser acordado e acordar os outros de manhã. Trabalhar e falar bem dos outros sem ser notado é honestidade. A pessoa que não pratica isto mesmo sabendo torna-se uma mentira. Trabalhar um pouco mais após ter trabalhado, não é ambição, é o verdadeiro trabalho.”



Banda Koteki de Mogi é Ouro


INFORMATIVO Nº 199 - ABRIL DE 2019





Divulgação nos arredores da Igreja



No mês de março recebemos uma visita ilustre, reverendo Massaharu Matsuda, chefe do departamento de traduções da Sede.
Este mês teremos o Ensaio do Serviço Sagrado e o concurso de Koteki em Bauru. Os Staffs e as crianças estão demonstrando bastante esforço. E a performance está melhorando a cada treino.
Vamos todos na expectativa e na torcida.

EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA

110. ALMAS SÃO ETERNAS
Normalmente, Oyassama permanecia sozinha em seu quarto quando não havia nenhum visitante. Nessas ocasiões, alisava os papéis usados para esticar as dobras e ainda preparava os saquinhos para pôr oferenda abençoada.
Quando a pessoa que a servia disse: “A senhora deve estar sentindo só”, ela respondeu:
“Não sinto um mínimo de solidão, pois Kokan e Shuji vêm-me visitar.”
Embora estivesse sozinha, às vezes podia-se ouvir do quarto sua voz conversando com alguém.
Certa noite, dirigiu-se a Hissa Kajimoto que estava servindo-a:
“Como Shuji e Kokan regressaram de muito longe, as minhas pernas ficaram doloridas. Pode massageá-las?”
Ainda outra vez, após tomar três doses de licor de arroz, disse:
“Shozen e Tamahime estão bebendo comigo.”

Nota: Hissa Kajimoto casou-se em 1887, passando a chamar-se Hissa Yamazawa.



Convite ao ex participantes da Banda Koteki de Mogi das Cruzes

Purificação para o evento Akimatsuri 2019

Treino da Banda de Koteki


segunda-feira, 18 de março de 2019

INFORMATIVO Nº 198 - MARÇO DE 2019


 
Inauguração da Igreja Tsu Suzano 


Em fevereiro tivemos a grata satisfação de inaugurar a Igreja Tenrikyo Tsu Suzano.
           Nas palavras do Condutor da Igreja Mor: “Gostaria que não tivessem o dia de hoje apenas como mais um simples dia alegre. Espero que tenham o dia de hoje como o início de uma nova caminhada rumo à Vida Plena de Alegria e Felicidade, trilhando o caminho da salvação, que se iniciará a partir de agora, objetivando a divulgação deste maravilhoso ensinamento de Oyassama para as pessoas desta região”.
Conto com todos para que seja desta forma.


EPISÓDIOS DA VIDA DE OYASSAMA

109. YOSHI YOSHI

Certa vez, Yoshie Iburi (mais tarde Nagao) perguntou: “Por que se diz yoshi yoshi no final do Tyoto Hanashi e Yorozuyo?” Oyassama respondeu:
“Diz-se yoshi yoshi no fecho do Tyoto Hanashi e Yorozuyo, pois, de qualquer modo, isto deve ser dito. Não há nada de mal em yoshi yoshi, porque significa está bem, está bem, não?

Hinokishin em Tsu Suzano

Cerimônia de Posse

Condutor da Igreja Tsu Suzano e esposa 

Novo altar de Igreja Tsu Suzano